COMO CULTIVAR: Bromélia Tillandsia

A Tillandsia é uma gênero de Bromélias que compreende cerca de 500 espécias, tem grande capacidade de sobrevivência. Podemos cultivá-las sobre outras plantas como árvores, madeira ou em placas de fibra de coco. Esta planta não aprecia sol direto e deve ser plantada em local protegido, porém com bastante luz.
Não precisam de solo para cumprir seu ciclo de vida embora algumas espécias também cresçam em terra.


Figura: Bromélia Tillandsia zoom
Figura: Bromélia Tillandsia em árvore
Podemos encontrá-las em várias cores como roxos, rosas, vermelhas, amarelos e verdes. Após a floração  produzem uma série de mudas que também são chamadas de compensação, pois as bromélias terminam seu ciclo de vida na floração, renascendo através de suas mudas e começando um novo ciclo.

Época de Floração:

A floração geralmente começa no final do outono ou no início do inverno e vai até a primavera.

Época de Plantio:

Pode ser plantada durante todo o ano.

Clima para cultivar:

As bromélias são plantas tipicamente tropicais e preferem o clima seja quente e úmido.

Requerimento de Luz:

Sombra e meia-sombra com bastante claridade em luz difusa ou filtrada.

Dimensões da planta:

Aproximadamente 35 cm de altura por 40 cm de largura. Seu tamanho vai depender do local de cultivo.

Mudas:


Figura: Mudas de bromélia


Após a floração o ciclo de vida termina. A bromélia morre, mas utiliza seu mecanismo de compensação e produz várias mudas que iniciarão um novo ciclo de vida. Você pode separar e replantar a muda para continuar o cultivo em vasos, madeira, árvore ou placa de fibra de coco, mas atenção as mudas (rebentos) devem somente ser separados quando atingirem metade do tamanho da planta mãe.

Como transplantar a bromélia para madeira, árvore ou placa de fibra de coco:

Amarre a bromélia na madeira, árvore ou placa de fibra de coco e faça a adubação, não permita que a planta fica balançando e se for necessário amarre a planta em estacas.

Como transplantar a bromélia vaso:

As bromélias crescem quase em todo o tipo de solo, levemente ácidos e bem drenados.
Não enterre demais e mantenha a base das flores acima do solo, não utilize um vaso muito grande para não correr o risco da umidade excessiva prejudicar as raízes.

Preparo do solo para bromélia:

1 parte de areia grossa ou pedriscos
1 parte de musgo seco ou humos de minhoca
1 parte de terra ou folhas moídas.

Como montar o vaso para receber a planta:

1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo levemente ácido como ensinado acima;
4 - Adicione casca de árvores para um melhor acabamento e também para que ervas daninhas não apareçam.


Adubação:

Utilize adubo NPK de 2-1-4 com traços de magnésio. Adube semanalmente durante os meses de maior intensidade luz e calor.

Manutenção da planta:

Nunca regue as suas bromélias durante o período mais quente do dia. Molhe as raízes moderadamente e borrife água nas folhas para simular um ambiente mais úmido.




fonte:olhares.sapo.pt, www.flickriver.com, www.bromeliasdobrejo.com, pro.casa.abril.com.br, 
www.jardimdeflores.com.br, www.artevegeral.com.br, www.afrolink.com.br, www.fazfacil.com.br