Quer seguir o Jardim da Terra? Digite seu e-mail aqui:

COMO CULTIVAR: Bromélia Tillandsia

A Tillandsia é uma gênero de Bromélias que compreende cerca de 500 espécias, tem grande capacidade de sobrevivência. Podemos cultivá-las sobre outras plantas como árvores, madeira ou em placas de fibra de coco. Esta planta não aprecia sol direto e deve ser plantada em local protegido, porém com bastante luz.
Não precisam de solo para cumprir seu ciclo de vida embora algumas espécias também cresçam em terra.


Figura: Bromélia Tillandsia zoom
Figura: Bromélia Tillandsia em árvore
Podemos encontrá-las em várias cores como roxos, rosas, vermelhas, amarelos e verdes. Após a floração  produzem uma série de mudas que também são chamadas de compensação, pois as bromélias terminam seu ciclo de vida na floração, renascendo através de suas mudas e começando um novo ciclo.

Época de Floração da Bromélia:

A floração geralmente começa no final do outono ou no início do inverno e vai até a primavera.

Época de Plantio da Bromélia:

Pode ser plantada durante todo o ano.

Clima para cultivar:

As bromélias são plantas tipicamente tropicais e preferem o clima seja quente e úmido.

Requerimento de Luz:

Sombra e meia-sombra com bastante claridade em luz difusa ou filtrada.

Dimensões da planta:

Aproximadamente 35 cm de altura por 40 cm de largura. Seu tamanho vai depender do local de cultivo.

Mudas da Bromélia:


Figura: Mudas de bromélia


Após a floração o ciclo de vida termina. A bromélia morre, mas utiliza seu mecanismo de compensação e produz várias mudas que iniciarão um novo ciclo de vida. Você pode separar e replantar a muda para continuar o cultivo em vasos, madeira, árvore ou placa de fibra de coco, mas atenção as mudas (rebentos) devem somente ser separados quando atingirem metade do tamanho da planta mãe.

Como transplantar a bromélia para madeira, árvore ou placa de fibra de coco:

Amarre a bromélia na madeira, árvore ou placa de fibra de coco e faça a adubação, não permita que a planta fica balançando e se for necessário amarre a planta em estacas.

Como transplantar a bromélia vaso:

As bromélias crescem quase em todo o tipo de solo, levemente ácidos e bem drenados.
Não enterre demais e mantenha a base das flores acima do solo, não utilize um vaso muito grande para não correr o risco da umidade excessiva prejudicar as raízes.

Preparo do solo para bromélia:

1 parte de areia grossa ou pedriscos
1 parte de musgo seco ou humos de minhoca
1 parte de terra ou folhas moídas.

Como montar o vaso para receber a planta:

1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo levemente ácido como ensinado acima;
4 - Adicione casca de árvores para um melhor acabamento e também para que ervas daninhas não apareçam.


Adubação da Bromélia:

Utilize adubo NPK de 2-1-4 com traços de magnésio. Adube semanalmente durante os meses de maior intensidade luz e calor.

Manutenção da Bromélia:

Nunca regue as suas bromélias durante o período mais quente do dia. Molhe as raízes moderadamente e borrife água nas folhas para simular um ambiente mais úmido.




fonte:olhares.sapo.pt, www.flickriver.com, www.bromeliasdobrejo.com, pro.casa.abril.com.br, 
www.jardimdeflores.com.br, www.artevegeral.com.br, www.afrolink.com.br, www.fazfacil.com.br

COMO CULTIVAR: Angelônia

Oie, imagine uma plantinha que você pode cultivar tanto em vasos quanto em canteiros, o ano todo, coloridinha... Imaginou? Pois é, a Angelônia é assim. Esta flor fica linda em canteiros coloridos e dá um show em vasos também. Precisa de solo fértil para garantir uma linda floração e de irrigação umas 3 vezes por semana se estiver muito quente.


Figura: Angelônia zoom
Descrição da Angelônia:

Também conhecida como FLOR DOS ANJOS OU BOCA DE LEÃO DE VERÃO é uma flor muito resistente, pois se adapta bem a climas tropicas com muitas chuvas e calor.
Seu ciclo de floração começa bem rápido após o plantio podendo ser cultivada como planta anual, porém caso não queiram ter trabalho com o replantio também pode ser cultivada como perene e irá durar muitos anos. Sua reprodução espontânea é rápida surgindo novas mudinhas logo, logo.

Seu jardim também vai ficar mais perfumado, pois exalam um cheirinho bem parecido com o da maça, além de atrair borboletas e pássaros.

Figura: Angelônia em vaso

Figura: Angelônia em canteiros

Figura: Angelônia em canteiros

Figura: Angelônia atraem pássaros.

Figura: Angelônia em jardim

Época de Floração da Angelônia:

Durante todo o ano, mas principalmente temos florescimento na primavera e no verão.

Época de Plantio da Angelônia:

Nas regiões mais quentes ou temperadas durante todo o ano e em regiões mais frias plantar durante o final da primavera e no início do verão.

Clima para Cultivar da Angelônia:

Tropical, Subtropical

Requerimento de Luz da Angelônia:

Sombra e Meia-Sombra

Dimensões da Planta da Angelônia:

35 cm de altura por 40 cm de altura.

Tempo de Germinação das Sementes da Angelônia:

14 dias.

Instruções para o Plantio das Sementes da Angelônia:

Prepare o solo com uma mistura rica em matéria orgânica e  regue bem o solo. Posicione as sementes firmemente por cima da solo sem enterrar, pois as sementes necessitam de luz para germinar. O solo (substrato) deve ser mantido úmido até os primeiros sinais de germinação e após este período esperar o solo secar superficialmente para então regar novamente (3 vezes por semana).


Transplantio de Mudas de Angelônia:

Figura: Mudas de Angelônia


Após o tempo de germinação das sementes e a consolidação da muda faça o transplantio para um vaso ou canteiro. O solo deve ser rico em matéria orgânica para garantir uma floração exuberante e a regra para o transplantio é que o vaso ou canteiro deve ser bem drenado e receber uma base de solo e em seguida a muda. Depois é só preencher com mais substrato (solo) e regar.

Caso você for plantar em um canteiro faça um espaçamento de 40 cm por 30 cm entre as mudas.

Mistura para solo:

A mistura para solo para cultivar a Angelônia deve ser uma mistura rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico

Como montar um vaso para receber a flor:

Figura: Como prepara um vaso para receber uma muda


1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e desfaça um pouco do torrão com as mãos para que as raízes se adaptem mais rapidamente ao vaso;
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores 


Adubação:

Deve receber uma adubação com maior teor de (P) Fósforo ou seja 4-14-8 (NPK) ou um suplemento de farinha de ossos ou superfosfato, além dos demais adubos.

Manutenção da Angelônia:

Regue a planta sem molhar as flores 1 vez por semana e para uma floração mais exuberante faça o replantio no final da primavera ou no início do verão cultivando a Angelônia como planta anual, mas se você não tem muito tempo e seguiu todas as regras de adubação pode tratar a sua planta como perene sem a necessidade de replantio, mas saiba que assim você não terá uma floração tão intensa.


Fontes: msucares.com, allposters.com, terracotajardinagem.com.br, http://www.thegardencontinuum.com, 
http://www.avelonline.com, www.emporiodassementes.com.br

COMO CULTIVAR: Amor Perfeito/Viola

Ah o amor... Esta flor linda não poderia ter outro nome: Amor Perfeito! Sim. É linda,  perfeita e nossos olhos merecem apreciá-la durante todo o inverno, pois vai aquecer nossa alma e nosso coração. Veja abaixo como cultivar esta linda e romântica flor.

Figura: Zoom Amor perfeito/Viola
Descrição:

A Viola é um gênero botânico que inclui flores conhecidas como violetas e amores-perfeitos. É uma planta perene em locais de clima temperado e poderá ser cultivada durante todo o ano, mas também pode ser cultivada como planta anual, no outono e no inverno, em locais onde o verão é mais intenso.



Figura: Amor Perfeito/Viola em canteiros

A Viola é uma linda flor que pode compor vasos e canteiros, pois se recuperam bem após chuvas intensas. Em regiões onde o clima é mais frio uma floração mais intensa e em regiões mais quentes teremos uma floração com um número menor de flores, porém ainda sim de grande beleza. Atraem abelhas e borboletas para colorir seu jardim!

A ótima notícia é que além de deixar nosso jardim lindo de tão colorido esta flor ainda é comestível. Isso mesmo! Você pode compor pratos deliciosos com a flor do Amor-Perfeito.

Figura: Amor-Perfeito/Viola em vaso


Época de Floração do Amor Perfeito/Viola:

Em regiões mais frias teremos flores durante todo o ano.
Em regiões quentes como o norte e nordeste do Brasil teremos flores somente no outono, no inverno e no início da primavera.

Época de plantio do Amor Perfeito:

Final do verão e no inverno, pois temperaturas muito elevadas podem fazer inibir a germinação das sementes ou o crescimento das mudas.

Clima para cultivar Amor Perfeito:

Subtropical, Temperado e Tropical.

Requerimento de luz do Amor Perfeito:

Meia-sombra e sol

Dimensões do Amor Perfeito:

10 cm de altura por 20 cm de largura aproximadamente.

Tempo de germinação das sementes:

de 3 a 5 dias aparecem os primeiros sinais de germinação.

Instrução para o plantio de sementes do Amor Perfeito:

Figura: Profundidade das sementes de Amor-Perfeito/Viola
Figura: Espaçamento das sementes na sementeira ou no canteiro


Enterre as sementes apenas o suficiente para que elas fiquem cobertas.
Mantenha o solo úmido durante todo o período de germinação (de 3 a 5 dias).
O solo deve ser rico em matéria orgânica.

Figura: Sementeira


Transplantio de mudas de Amor Perfeito:

Figura: Muda de Amor-Perfeito/Viola


Após 14 dias da germinação a muda já estará estabelecida e você poderá fazer o transplantio para um vaso ou canteiro. O solo deve ser rico em matéria orgânica.
A altura da muda no vaso deve ser de 5 a 6 cm para facilitar o crescimento das raízes.

Figura: Altura do transplante da muda de Amor-perfeito/viola

Mistura para solo ou canteiro para Amor Perfeito:

O Amor-Perfeito/Viola necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico

Como montar um vaso para receber a flor de Amor Perfeito:


Figura: Vaso bem drenado para receber a flor de lonas (Agerato amarelo)


1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e desfaça um pouco do torrão com as mãos para que as raízes se adaptem mais rapidamente ao vaso;
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores 

Adubação para o Amor Perfeito:
Deve receber uma adubação com maior teor de (P) Fósforo ou seja 4-14-8 (NPK) ou um suplemento de farinha de ossos ou superfosfato, além dos demais adubos.

Manutenção do Amor-Perfeito:

Apesar de ser uma planta perene, na maioria das regiões do Brasil esta flor deve ser tratada como anual terminando seu ciclo de vida (germinar, crescer e morrer) em um período de um ano, sendo necessário um novo plantio no ano seguinte. Deve ser cultivada em solo fértil e bem drenado. A irrigação deve ser feita periodicamente deixando a terra secar superficialmente entre as regas.


Fontes: www.tocadoverde.com.br, alphalembrancas.com.br, flores.culturamix.com, ultra-sensitive.wordpress.com, blogdaemejota.blogspot.com, algarte-saibamais.blogspot.com

COMO CULTIVAR: Agerato Amarelo ou Lonas

Oi Pessoal! Já que conhecemos o agerato azul ontem, o que acham que saber mais informações sobre as variações de cor desta linda flor? A seguir vocês poderão aprender como cultivar o AGERATO AMARELO.

Descrição do Agerato Amarelo:

É uma planta de flores delicadas e plumosas com cachos felpudos.
Seu crescimento é bem rápido e o cultivo é bem parecido com o do agerato azul, bastando um solo fértil bem enriquecido com matéria orgânica, terreno bem drenado e irrigado com frequência.

Abaixo você vai encontrar mais informações sobre a floração, a luminosidade, clima, o cultivo de sementes, o transplantio de mudas, as dimensões, o preparo do solo para canteiro ou para vaso, o preparo do vaso, a adubação e a manutenção da linda flor de Lonas.



Figura: Zoom na flor agerato amarelo



A flor de Lonas (Agerato amarelo) é uma planta anual devendo ser replantado no próximo ano, mas vale a pena, pois além de linda e com cores vibrantes ainda atraem borboletas deixando seu jardim ainda mais lindo!


Época de floração do Agerato Amarelo:

Para climas quentes você terá flores lindas o ano todo e para climas mais amenos a floração acontecerá no Verão, no Outono e na Primavera.

Época de Plantio do Agerato Amarelo:

Você pode plantar a flor de Lonas em todas as estações do ano: Inverno, Outono, Primavera e Verão.

Clima para cultivar a flor de Agerato Amarelo:

Equatorial, Semi-árido, Subtropical, Temperado, Tropical, Tropical de Altitude.

Requerimento de luz do Agerato Amarelo:

Cultivar em sol pleno.

Dimensões do Agerato Amarelo:

55 cm a 60 cm de altura e 35 cm de largura aproximadamente.

Tempo de germinação das sementes de Agerato Amarelo:

de 7 a 14 dias.

Instruções para plantio das sementes de Agerato Amarelo:

Figura: Instruções para plantio da semente de agerato

Uma semana antes da semeadura ou do transplante revolva a terra entre 20 e 30 cm de profundidade.
Misture para cada metro quadrado de canteiro 30g (1 colher de sopa) de adubo NPK ou 150g (1 copo) de esterco bem curtido ou húmus.
Enterre as sementes apenas o suficiente para que fiquem cobertas.
Durante todo o tempo de germinação irrigue uma vez por dia, sem encharcar, de preferência no início da manhã ou no final da tarde.
Mova gradualmente para o sol quando a muda já estiver bem estabelecida.

Figura: Sementeira



Transplantio de mudas de Agerato Amarelo:


Faça o transplantio 42 a 70 dias após germinação.


Instruções para o transplantio de mudas de Agerato Amarelo:

Figura: Instruções de transplante de mudas de agerato

Entre 42 e 70 dias após a germinação a muda já estará pronta para o transplantio.
Uma semana antes da semeadura ou do transplante revolva a terra entre 20 e 30 cm de profundidade.
Misture para cada metro quadrado de canteiro 30g (1 colher de sopa) de adubo NPK ou 150g (1 copo) de esterco bem curtido ou húmus.
Obedeça a um espaçamento de 25 cm x 30 cm, pois esta flor pode chegar a 20 cm de largura e 30 cm de altura aproximadamente.

Figura: Profundidade para transplantar mudas de agerato amarelo


Mistura de solo para vaso ou canteiro para a flor do Agerato Amarelo:

O agerato amarelo necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico

Como montar um vaso para receber a flor do Agerato Amarelo:


Figura: Vaso bem drenado para receber a flor de lonas (Agerato amarelo)


1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e desfaça um pouco do torrão com as mãos para que as raízes se adaptem mais rapidamente ao vaso;
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores 

Adubação para a flor do Agerato Amarelo:
Deve receber uma adubação com maior teor de (P) Fósforo ou seja 4-14-8 (NPK) ou um suplemento de farinha de ossos ou superfosfato, além dos demais adubos.

Manutenção do Agerato Amarelo:

Como o agerato azul, o agerato amarelo (Lonas) também é uma planta anual terminando seu ciclo de vida (germinar, crescer e morrer) em um período de um ano, sendo necessário um novo plantio no ano seguinte. Deve ser cultivada em solo fértil e bem drenado. A irrigação deve ser feita periodicamente deixando a terra secar superficialmente entre as regas.

Fontes: www.tocadoverde.com.br e www.agristar.com.br

COMO CULTIVAR: Agerato ou Celestina

Oie! Este é o primeiro post de muitos e para iniciar com chave de ouro vou "falar" sobre uma flor muito resistente: O AGERATUM.
Figura: Zoom na flor agerato



Descrição do Agerato:

Também chamado de agerato ou celestina, tem flores em formato muito diferente do comum. Elas não possuem pétalas aparentes e as cores vêm do próprio miolo! Os incríveis tons de violeta e azul alegram qualquer jardim!

Continue lendo e saiba mais sobre a floração, a luminosidade, clima, o cultivo de sementes, o transplantio de mudas, as dimensões, o preparo do solo para canteiro ou para vaso, o preparo do vaso, a adubação e a manutenção desta linda flor.



Figura: Flor agerato em canteiros


O ageratum  é uma linda planta anual extremamente tolerante ao calor e seca.
A cor dela é extremamente brilhante e as fotos não conseguem retratar fielmente a beleza que se vê ao vivo. Atraem borboletas deixando seu jardim ainda mais lindo!
Precisam apenas de sol e solo bem drenado para crescer bem. Podem ser cultivadas em jardins externos e são perfeitas para ocupar vasos sozinhas ou para combinações com outras plantas, pois não ocupam muito espaço, como mostram as imagens abaixo.

Figura: Flor agerato em jardins externos

Figura: Flor agerato em vaso


Época de floração do agerato:

Você terá flores lindas em tons de violeta e azul no Verão, Outono e Primavera.


Época de Plantio do agerato:

Figura: Época de plantio do agerato

Você pode plantar o agerato em todas as estações do ano: Inverno, Outono, Primavera e Verão.

Clima para cultivar agerato:

Subtropical e Tropical.

Requerimento de luz do agerato:

Cultivar em pleno sol ou a meia-sombra em dias mais quentes.

Dimensões do agerado:

15 cm a 20 cm de altura e 20 cm de largura aproximadamente.

Tempo de germinação das sementes de agerato:

de 7 a 14 dias.

Instruções para plantio das sementes do agerato:

Figura: Instruções para plantio da semente de agerato

Uma semana antes da semeadura ou do transplante revolva a terra entre 20 e 30 cm de profundidade.
Misture para cada metro quadrado de canteiro 30g (1 colher de sopa) de adubo NPK ou 150g (1 copo) de esterco bem curtido ou húmus.
Enterre as sementes apenas o suficiente para que fiquem cobertas.
Durante todo o tempo de germinação irrigue uma vez por dia, sem encharcar, de preferência no início da manhã ou no final da tarde.
Mova gradualmente para o sol quando a muda já estiver bem estabelecida.

Figura: Sementeira



Transplantio de mudas de agerato:

Figura: Muda da flor agerato


Faça o transplantio 42 a 70 dias após germinação.


Instruções para o transplantio de mudas de agerato:

Figura: Instruções de transplante de mudas de agerato

Entre 42 e 70 dias após a germinação a muda já estará pronta para o transplantio.
Uma semana antes da semeadura ou do transplante revolva a terra entre 20 e 30 cm de profundidade.
Misture para cada metro quadrado de canteiro 30g (1 colher de sopa) de adubo NPK ou 150g (1 copo) de esterco bem curtido ou húmus.
Obedeça a um espaçamento de 25 cm x 30 cm, pois esta flor pode chegar a 20 cm de largura e 30 cm de altura aproximadamente.

Figura: Profundidade para transplantar mudas de agerato


Mistura de solo para vaso ou canteiro para agerato:

O agerato necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico

Como montar um vaso para receber o agerato:


Figura: Vaso bem drenado para receber o agerato


1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e desfaça um pouco do torrão com as mãos para que as raízes se adaptem mais rapidamente ao vaso;
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores 

Adubação para o agerato:

Deve receber uma adubação com maior teor de (P) Fósforo ou seja 4-14-8 (NPK) ou um suplemento de farinha de ossos ou superfosfato, além dos demais adubos.

Manutenção do agerato:

O agerato é uma planta anual, ou seja, germina, cresce e morre em um período de uma ano. Sendo assim é necessário um novo plantio no ano seguinte. Deve ser cultivada em solo fértil e bem drenado. A irrigação deve ser feita periodicamente deixando a terra secar superficialmente entre as regas.

Fontes: www.emporiodassementes.com.br e www.agristar.com.br