Quer seguir o Jardim da Terra? Digite seu e-mail aqui:

COMO CULTIVAR: Begônias

Sempre coloridas e vistosas, as begônias compõem uma família de 1500 espécies. É uma planta perene que pode compor lindos vasos, jardineiras. A novidade é que após vários cruzamentos e melhoramentos esta maravilhosa flor poderá também invadir os jardins.


Figura: Begônias em várias cores

Descrição:


Planta perene muito floríferas nas cores brancas, vermelhas, amarelas, rosas e algumas variações destas misturas. Alguns tipos (Begônia semperflorens) podem compor belos maciços e bordaduras durante o ano todo outros, se adaptam melhor a vasos e a locais protegidos.

As Begônias Ilumination podem, além de compor canteiros em jardim, serem plantadas em grandes cestos, pois seus galhos ficaram pendentes e com um efeito maravilhoso.

Figura: Begônia Illumination

As begônias ficam lindas em vasos:


Figura: Begônia em vaso

As melhores espécies para o cultivo em vasos são: Begônia sarmentosa (Begonia sarmentacea), Begônia de folha (Begonia x sementacea) e Begônia olmo (Begonia ulmifolia) ou prateada (Begonia venosa). 

Para canteiros, recomenda-se a Begônia cerosa (Begonia semperflorens), com época ideal para plantio no mês de abril.


Figura: Begônias em cestos, vasos.

Época de Floração da Begônia


Em climas quentes teremos flores durante todo o ano. Verão, Outono e Primavera.

Época de Plantio da Begônia

Outono.

Requerimento de Luz da Begônia

Sol e meia-sombra.

Clima para Cultivar da Begônia

As begônias para vasos são plantas tropicais muito delicadas. Preferem clima entre 20°C e 28°C e não gostam de ventos. Já as Begônias-cerosas de canteiros preferem um clima mais ameno e não toleram bem as chuvas de verão, chegando a adquirir uma aparência “melosa”.

Dimensões da Planta da Begônia

Pode chegar a 40 centímetros de altura e 45 centímetros de largura.

Tempo de germinação das sementes da Begônia

Aproximadamente duas semanas.

Instruções para o plantio de mudas da Begônia

Em uma mistura rica em matéria orgânica, posicione a semente acima do solo já úmido sem enterrar. Mantenha o solo úmido durante todo o período de germinação.


Figura: Muda de Begônia


Transplantio de mudas da Begônia

Quando a muda já estiver com 10 centímetros é hora de transplantar a sua muda para um vaso maior. Uma hora antes de transplantar regue o vaso para que sua terra não desmonte.
Após o plantio das sementes, transplantio de mudas a begônia demorará 4 meses para florescer.


Mistura de solo ou canteiro para Begônia


A Begônia necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico



Como montar um vaso para receber a begônia

Figura: Como montar um vaso para receber a begônia

1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e desfaça um pouco do torrão com as mãos para que as raízes se adaptem mais rapidamente ao vaso;
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores


Adubação da Begônia

Adubar com torta de mamona, farinha de peixe ou de sangue, Usar salitre-doChile, uréia, nitrocálclo ou NPK rico em N, Alguns tipos apresentam outras características e precisam ser adubadas com farinha de osso ou torta de algodão, usando-se fosforlta, superfosfato, termofosfato ou NPK rico em P.

Manutenção da Begônia

Devemos ter o cuidado de remover flores passadas e queda das folhas mortas, e evitá construir sobre o substrato como eles podem gerar brotitis, um fungo que é muito provável.Uma vez por ano, na primavera, faça uma poda drástica para incentivar a brotação de novos ramos. Corte sempre acima de uma folha e na diagonal. 
Adube a cada dois meses. Cubra em torno das begônias com dois centímetros de substrato rico em matéria orgânica ou lascas de madeira para manter a umidade. Se as folhas ficarem marrons, é preciso aumentar a umidade do solo. 
Deixe um espaço de tempo entre as regas para que a terra seque um pouco, especialmente no inverno. 
Quando for regar as begônias, não molhe suas folhas, apenas o solo. Também é importante que os vasos tenham aberturas para escoar a água não absorvida pelas plantas.






Fonte:  http://blogs.estadao.com.br; www.vestidaspracasar.com.br;
http://www.jardineria.pro; http://www.plantasonya.com.br;http://www.tocadoverde.com.br;
http://chouchoupetit.blogspot.com.br; http://comunidade.bemsimples.com;
http://comofas.com; http://www.assimsefaz.com.br;
http://flores.culturamix.com; http://kleyte.blogspot.com.br
http://www.fazfacil.com.br; http://vemtrocarideia.blogspot.com.br;
http://www.comofazer.org; www.emporiodassementes.com.br; http://www.agrov.com;
http://www.bbel.com.br; 

COMO CULTIVAR: Amarílis

A Amarílis é também conhecida como Açucena ou Flor-da-Imperatriz é uma planta que produz uma flor imponente que atrai todos os olhares. É ideal para quem quer dar um colorido dentro de casa ou até mesmo em seu jardim.

Quando for comprar o bulbo de Amarílis, escolha um bulbo sem cicatrizes para poder apreciar esta flor que pode chegar até 70 centímetros de altura e possui diversas cores como vermelho, laranja, rosa, branco e multicolorido.


Figura: Amarílis em vaso

Descrição:

É uma planta herbácea, perene, que pode ser multiplicada pela divisão dos bulbos e apresenta apenas uma florada anualmente. Cresce melhor em temperaturas medianas, mas em temperaturas mais baixas a floração é prolongada. Prefere locais bem iluminados com sol direto.

Figura: Amarílis em canteiros

Época de floração do Amarílis

Nas regiões mais quentes do Brasil recomendamos o plantio no início de outono para uma floração no outono e inverno. Após o plantio a floração pode durar até 25 dias.

Época de plantio do Amarílis

A melhor época para plantar o amarílis é no Início do Outono, pois prefere climas mais amenos, porém podem ser plantadas em qualquer época do ano caso a região apresente clima mais frio. Após o plantio a floração iniciará dentro de até 30 dias e permanecerá até 25 dias em flor.

Clima para cultivar Amarílis

Prefere clima ameno com temperaturas entre 22 graus a 30 graus.

Requerimento de luz do Amarílis

Necessita de muita luz. Sol Pleno no mínimo de 4 horas por dia.

Dimensões da Amarílis

Até 70 cm de altura e 30 cm de largura.

Período do plantio até o florescimento

Entre 20 a 30 dias

Instruções de plantio do bolbo de Amarílis

Deve ser plantado antes do início do brotamento do bolbo.
Em uma vaso bem drenado, utilize um substrato com boa aeração e posicione o bulbo e complente o volume com o substrato deixando o "pescoço" do bulbo para fora do substrato.

Mistura para solo para receber o Amarílis

Utilize um substrato fértil com boa aeração:

1 parte com uma mistura de Pinus (85%) e vermiculita (15%)
1 parte de terra vegetal
1 parte de terra de comum jardim
2 partes de areia grossa de construção

Como montar um vaso para receber o Amarílis


Figura: Vaso para receber o Bulbo de Amarílis

1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo fértil e bem aerado como informado acima e a sem enterrar o bulbo completamente, deixando o "pescoço" fora da terra preencha o vaso com o substrato.
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores 

Adubação do Amarílis

Quando as folhas começarem a crescer adube mensalmente com NPK 6-12-6 ou 10-10-10, 5 colheres de sopa por metro quadrado.

Manutenção do Amarílis

Antes de iniciar o crescimento das folhas tenha cuidado ao fazer as regas, pois o solo muito úmido pode fazer o bulbo apodrecer. Após o aparecimento das folhas devemos fazer regas periódicas observando se o solo já está seco superficialmente. Não molhe as flores. Caso aparecem folhas secas retirar para prolongar o período de floração.
A divisão pode ser feita através dos bulbos "filhos" que aparecerem durante o cultivo. Após o florescimento as folhas cairão e você pode armazenar o bulbo para o plantio no próximo ano.







fonte: http://sefossenaminhacasa.blogspot.com.br/;
http://flores.culturamix.com; http://www.cuidar.com.br;
http://plantas-ornamentais.blogspot.com.br;
http://fortedoce.blogspot.com.br; http://www.cultivando.com.br;
http://plantas-ornamentais.blogspot.com.br;
http://revistagloborural.globo.com; http://www.fazfacil.com.br

COMO CULTIVAR: Anêmonas

Dizem os poetas que esta flor nasce do vento que pelo vento é levada, onde oscilam paixões ao capricho do vento. rsrs Uau! Podem ter flores azuis, brancas, rosas, vermelhas e mais raramente flores amarelas.
São plantas perenes e vão permanecer em seu jardim por muito tempo.


Figura: Anémonas
Descrição

São flores perenes, encontradas em uma escala bem variada de cores sendo que as amarelas são mais incomuns. Multiplicam-se rapidamente. São plantas tóxicas e devemos ter cuidado com crianças e animais de estimação.

Figura: Anémona roxa


Apesar da aparência delicada, a anêmona é bem resistente e, se manuseada adequadamente, pode durar até uma semana.
É uma planta rústica, resistente a pragas e doenças, resistente ao frio, mas sensível as geadas. Fazem belíssimas bordaduras, canteiros ou vasos.

Figura: Anémonas em canteiro


Figura: Anémonas em vaso

Época de Floração da Anêmona


Florescem em toda a primavera e no início do verão.

Época de Plantio da Anêmona

A época ideal para plantar anémonas é entre o meio e o final do outono.

Clima para cultivar

São plantas de clima temperado.

Requerimento de luz

Sol e meia-sombra.
Precisam de luz direta do sol pela manhã e meia-sombra durante a tarde.

Dimensões da Planta

30 cm de altura por 15 cm de largura.

Instruções para o plantio dos bulbos ou para o plantio de sementes

Figura: Como plantar bulbos de anémona

Os buldos devem ser plantados a uma profundidade de 6 cm, mantendo a distancia de um para o outro de 15 cm em um substrato rico em matéria orgânica, tendo um vaso bem drenado.


Mistura para solo para vaso ou canteiro

A Anémona necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico

Como montar um vaso para receber a Anémona

Figura: Vaso para plantio de Anemonas


1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e a 6 cm de profundidade plante os bulbos da Anémona com os brotos voltados para cima, sem enterrá-los completamente. Caso você tenha sementes também deve plantá-la a 6 cm de profundidade.
4 - Não esqueça de deixar um espaço de 15 cm para o crescimento de cada bulbo ou semente.
5 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores 

Adubação para a Anémona

Após o plantio e assim que começar a floração espalhe um fertilizante a base de potássio e fósforo, mas com nível de nitrogênio baixo para conter a formação de folhagem verde e a proliferação de fungos. É recomendado o uso de farinha de ossos e de superfosfato.

Manutenção da Anémona

O solo deve estar sempre úmido, mas nunca encharcado. Regue todos os dias, ou um dia sim outro não.


Fontes: http://www.g-sat.net/o-meu-jardim-2592/flores-anemona-indicio-de-primavera-205973.html, http://plantas-jardins.blogspot.com.br/2012/03/anemonas-e-cuidados.html, http://www.abacas.com.br/def_Buscaplantar.asp?id=45, http://www.plantasonya.com.br/flores-e-folhagens/anemona-do-japao-%E2%80%93-anemone-japonica.html, http://www.thjardins.com.br/php/shopping_produtos_detalhe.php?produto=518

COMO CULTIVAR: Narcisos

O Narciso é planta de clima temperado e bem simples de cultivar. Podem ser cultivadas em vasos ou canteiros. Geralmente estão disponíveis em branco, creme ou amarelo. As plantas adaptadas ao clima tropical normalmente tem floração de branco ou amarelo puro e são muito perfumadas.


Figura: Narciso em canteiros

Figura: Narciso amarelo, combinado com Jacintos azuis

Figura: Narciso Branco
Descrição:

O Narciso é uma planta que produz flores diretamente do bulbo produzindo 8 pétalas que protegem outra bem ao centro, formando um tubo pequeno, por muitas vezes de cor diferente. Quando plantados em canteiros dão um ar campestre ao local. Seu cultivo não requer cuidados muito especiais, podendo ser plantado qualquer época do ano.

Época de Floração dos Narcisos

O Narciso floresce ao final do inverno e na primavera e entra em dormência até o próximo ano.

Época de plantio dos Narcisos

O Narciso pode ser plantado em qualquer época do ano, pois é possível deixar o bulbo dormente no solo, pois ele não morrerá. 

Clima para cultivar

Os Narcisos gostam de climas frios.

Requerimento de Luz

A luminosidade ideal é a indireta e abundante, no entanto aceita tanto a penumbra quanto o sol direto e é claro que nessas condições a floração fica prejudicada.

Dimensões da Planta

De 20 cm a 30 cm de altura por 20 cm de largura. Tendem a formar pequenas touceiras.

Instruções para o plantio de bulbos do Narciso

Plante os bulbos do Narciso em um vaso com uma profundidade 3 vezes o tamanho do buldo. Coloque o vaso em um local bem iluminado, porém onde o sol não bata diretamente. Prefira vasos de boca larga e rasos e caso plante mais de um bulbo faça um espaçamento de 10 cm entre eles. Os bulbos podem ser cobertos por mais ou menos 3 cm de terra.


Figura: Narciso plantado em vaso

Mistura para solo ou canteiro


O Narciso necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico


Como montar um vaso para receber o Narciso


Figura: Vaso para receber o Narciso ou Vaso raso de boca larga



1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso. Atenção: O vaso deve ter aproximadamente 12 cm de altura;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e plante os bulbos do Narciso com os brotos voltados para cima. Enterre os bulbos com cerca de 3 cm de terra.
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores, mas não muito próximos aos bolbos.


Adubação para o Narciso

Após o plantio e assim que começar a floração espalhe um fertilizante a base de potássio e fósforo, mas com nível de nitrogênio baixo para conter a formação de folhagem verde e a proliferação de fungos. É recomendado o uso de farinha de ossos e de superfosfato.

Manutenção do Narciso

O Narciso também produz bulbos "filhos" e no final da floração você pode separá-los para plantar novamente. Você tem duas opções: pode deixar o buldos do Narciso na terra e esperar a próxima floração ou pode retirá-los da terra e armazená-los em local fresco e seco até que se inicie o processo de brotação e possam plantar os bulbos novamente. Regue sem encharcar, uma vez por semana observando se o solo está superficialmente seco.




Fontes: canalhamiuda.blogspot.com, www.jardineira.pro, plantasyjardin.com, www.florisa.com.br,  imagenswiki.com.br, flores.culturamix.com, www.paraminhamae.com, www.plantasonya.com.br, avidanoparaiso.blogspot.com, www.publicdomainpictures.net, http://comunidade.bemsimples.com, http://omeujardim.com

COMO CULTIVAR: Jacintos

O Jacinto é uma ótima opção para jardim, floreiras e varandas. Tem uma fragrância intensa. Disponível em diversas cores como azul, laranja, rosa, vermelho, amarelo, branco.  Pode ser plantada em jardins e também em vasos.


Figura: Jacinto

Figura: Jacinto em Jardim

Descrição

O Jacinto é um planta perene. Cada bulbo dá uma haste com várias pequenas flores laterais. Existem cerca de 60 espécies disponíveis e que cobrem quase todas as cores conhecidas. Para que sua beleza seja destacada plante maciços monocromáticos. Atenção: O Jacinto se ingerido pode provocar dores fortes no estômago e seu aroma forte pode provocar náuseas e dores de cabeça em algumas pessoas. Por isso, prefira cultivar o jacinto em locais bem arejados e caso tenha animais de estimação ou crianças em sua casa cultive o jacinto em vaso em locais longe do alcance.

Figura: Jacinto cor de rosa

Época de Floração do Jacinto

A floração do Jacinto se dá na primavera.

Época de Plantio do Jacinto

O bulbo do Jacinto precisa de frio para se desenvolver. O ideal é plantar o Bulbo no Outono para que na Primavera possa florescer.

Clima para Cultivar

Os Jacintos gostam de climas frios.

Requerimento de Luz

Prefere luz filtrada e sol fraco.

Dimensões da Planta

de 30 cm a 40 cm de altura e 30 cm de largura aproximadamente.

Instruções para o Plantio dos Bulbos do Jacinto nas regiões mais quentes do Brasil

O Jacinto pode ser cultivado no Brasil, porém é necessário o uso de alguns artifícios para poder fazê-los florir. Existem 2 maneiras para fazer o Jacinto florir:

Primeira forma de fazer o Jacinto florir: Coloque o Bulbo em um vaso com água. Este vaso deve ter a "boca" apertada e o bulbo deve apenas tocar a água, sem ficar submerso. Guarde o vaso enrolado em um papel pardo em um quarto escuro e arejado durante 10 semanas. Semanalmente você deve conferir o vaso e adicionar mais água morna para repor a água que evaporou. 
Quando produzirem rebentos de mais ou menos 5 cm, retire o vaso do armário, desenrole-o do papel pardo e coloque o vaso junto a luz, semanalmente adicione mais água morna, repondo a que evaporou. Pronto! Em breve aparecerá a floração exalando um perfume maravilhoso. O único problema é que com esta opção o bolbo do jacinto dificilmente voltará a florir.


Figura: Floração forçado do Jacinto

Figura: Floração forçada do Jacinto - vaso de boca estreita

Segunda forma de fazer o Jacinto florir: Plante vários bulbos de jacinto em um vaso raso de boca larga de aproximadamente 15 cm de profundidade. Não enterre os bolbos totalmente. Enrole o vaso em um papel pardo e guarde na geladeira durante 10 semanas. Após 10 semanas, tire da geladeira ainda enrolado no papel pardo e leve o vaso para um local fresco e escuro até que forme rebentos de aproximadamente 5 cm de altura. Desenrole do papel pardo e leve o vaso para junto a luz, regue sem encharcar e logo-logo terá a floração.


Figura: Vaso raso de "Boca" larga para receber os bulbos do jacinto


Mistura para solo ou canteiro


O Jacinto necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico


Como montar um vaso para receber o Jacinto


Figura: Vaso para receber o Jacinto ou Vaso raso de boca larga



1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso. Atenção: O vaso deve ter aproximadamente 12 cm de altura;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e plante os bulbos do jacinto com os brotos voltados para cima, sem enterrá-los completamente.
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores, mas não muito próximos aos bolbos.


Adubação para o Jacinto

Após o plantio e assim que começar a floração espalhe um fertilizante a base de potássio e fósforo, mas com nível de nitrogênio baixo para conter a formação de folhagem verde e a proliferação de fungos. É recomendado o uso de farinha de ossos e de superfosfato.

Manutenção do Jacinto

As regas devem ser feitas com a frequência de uma vez por semana observando se o solo secou superficialmente. O solo deve ser mantido sempre úmido, porém não encharcado.
O bolbo do Jacinto produz bolbos "filhos" e se você quiser estimular a produção de mais bolbos é só fazer uma pequena incisão em forma de cruz. Atenção: Os bolbos filhos só vão dar flores depois de 2 anos. 
Após a floração retire as flores murças e espere até que as folhas fiquem amarelas e corte a quatro centímetros do bulbo, então guarde o buldo como explicado em "Instruções de plantio".




Fontes: canalhamiuda.blogspot.com, www.jardineira.pro, plantasyjardin.com, www.florisa.com.br, www.emporiodassementes.com.br, imagenswiki.com.br, flores.culturamix.com, www.paraminhamae.com, www.plantasonya.com.br
avidanoparaiso.blogspot.com, www.publicdomainpictures.net

COMO CULTIVAR: Tulipas

Vocês sabiam que aqui no Brasil também podemos cultivar Tulipas? Sim. Isso Mesmo! É possível cultivar esta maravilha divina por aqui. A técnica não é muito simples, porém bem recompensadora.

Veja abaixo:


Figura: Tulipas em canteiros
Descrição da Tulipa:

A Tulipa pode ser encontrada de várias cores e também em tons matizados. Ficam lindas em maciços de jardim com canteiros. É uma flor que surge do centro de uma folhagem com uma haste ereta e com uma flor solitária. Para casas com animais de estimação a  plantação de Tulipas em canteiros deve ser observada, pois esta planta pode causar de danos gastrointestinais a colapsos no coração e convulsões.

Figura: Tulipas em maciços de variadas cores


Figura: Tulipas matizadas em maciços de jardim

Época de Floração da Tulipa

A floração da Tulipa acontece no final da primavera, pois seu bolbo necessita do frio dos meses anteriores para florir.

Época de Plantio da Tulipa

Para que a Tulipa possa florir é essencial que seu bolbo se desenvolva durante os meses mais frios do ano. É ideal plantar o bolbo no Outono para que na Primavera possa florir.

Clima para Cultivar

As Tulipas preferem climas frios. Você pode diminuir este impacto colocando gelo no vaso no início da manhã e início da noite.

Requerimento de Luz

Apreciam sol intenso, porém ao meio dia devem ser protegidas por alguma sombra ou por sombra devido ao calor intenso. Desenvolvem-se melhor quanto orientadas para o sul.

Dimensões da Planta

15 cm de largura por 25 cm de altura aproximadamente.

Figura: Tulipa cultivada em vaso

Instruções para o plantio dos Bulbos de Tulipa nas regiões mais quentes do Brasil

Como no Brasil as estações do ano na maioria das vezes não são bem definidas, podemos utilizar de alguns artifícios para fazer o plantio da Tulipa e conseguir ao menos uma floração.
Primeiro passo: Adquira a Tulipa ainda em botão (Para podermos retirar os buldos para o próximo plantio) e a mantenha em local fresco, sem ventos fortes e longe do calor excessivo, porém um local bem iluminado.
Segundo passo: No início do Outono, corte as folhas e a flor, retire o bolbo da terra e limpe bem com uma esponja macia e os deixe fora da terra por 3 meses, em um local fresco e arejado e seco.
Terceiro passo: Após este período de descanso plante novamente o bulbo em um vaso de plástico sem enterrá-lo completamente.
A terra deve estar úmida. Guarde o vaso por 6 meses na geladeira. Isso mesmo, na geladeira! Assim, vamos conseguir simular o ambiente mais propício para a floração. O vaso deve estar fechado em um saco plástico.
Quarto passo: Depois de 6 meses você poderá retirar o vaso da geladeira e o coloque em um local fresco, sem ventos fortes e longe do calor durante 2 meses.
Quinto passo: Guarde na geladeira novamente dentro de um saco plástico fechado, por mais 6 meses. Após este período você pode retirar da geladeira e terá flores dentro de 1 ou 2 meses.

Instruções para o plantio dos Bulbos de Tulipa nas regiões mais ao sul do Brasil

Nas regiões mais ao sul do Brasil as estações são bem mais definidas e podemos cultivar Tulipas com mais facilidade. No início do Outono prepare um solo fofo e bem drenado. Enterre o bolbo a uma profundidade de 15 cm. Não esqueça de deixar os brotos para cima e fora da terra.
Regue sem encharcar a planta.

Mistura para solo para vaso ou canteiro

A Tulipa necessita de uma mistura de solo rica em matéria orgânica.

1 parte de terra comum de jardim
1 parte de terra vegetal
2 partes de composto orgânico


Como montar um vaso para receber a Tulipa

Figura: Vaso para plantio de Tulipas


1 - Adicione argila expandida ou brita no fundo do vaso;
2 - Em cima da argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água e evitar que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno;
3 - Adicione o solo rico em matéria orgânica como informado acima e a 15 cm de profundidade plante os bulbos da Tulipa com os brotos voltados para cima, sem enterrá-los completamente.
4 - Para dar acabamento ao vaso e também para evitar que ervas daninhas apareçam adicione casas de árvores 

Obs.: para um vaso de 15 cm não plante mais de 5 ou 6 bulbos.

Adubação para a Tulipa

Após o plantio e assim que começar a floração espalhe um fertilizante a base de potássio e fósforo, mas com nível de nitrogênio baixo para conter a formação de folhagem verde e a proliferação de fungos. É recomendado o uso de farinha de ossos e de superfosfato.

Manutenção da Tulipa

Após a floração remova todas as flores mortas e espere as folhas caírem naturalmente. Retire os bolbos da terra. Observe se os bolbos produziram "filhos" e separe. Estes bolbos "filhos" deverão ser plantados novamente no próximo outono, até lá guarde-os na geladeira bem limpos como mostrado nas "Instruções para o plantio". O Bolbo "pai" também pode ser armazenado, mas não é garantido que ele vá florir novamente. O bolbo "filho" poderá florir novamente, embora não devam florir na estação seguinte. Tulipas não suportam a concorrência de outras plantas no mesmo canteiro.
A Tulipa deve ser regada frequentemente observando se o solo está seco superficialmente. Deve ser regada com parcimônia, sem encharcar.




Fontes: canalhamiuda.blogspot.com, www.jardineira.pro, plantasyjardin.com, www.florisa.com.br, www.emporiodassementes.com.br, imagenswiki.com.br, flores.culturamix.com, www.paraminhamae.com, gracaecarlos.blogspot.com.br, bolotasguardadas.blogspot.com.br, comunidade.bemsimples.com, omeujardim.com, www.vegetable-gardens.biz, www.assimsefaz.com.br