Quer seguir o Jardim da Terra? Digite seu e-mail aqui:

COMO CULTIVAR: Girassol

A nobreza do girassol está presente até em seu nome científico Helianthus annus, em que Helianthussignifica “flor do sol”. Além de bela e chamativa, qualidades que a tornam uma excelente planta ornamental, essa flor é muito útil e é possível aproveitar todas as suas partes.

Descrição

Girassóis têm muitos usos, como para a produção de bio-diesel e óleo de cozinha. Mas o melhor uso de um girassol é colocá-lo para alegrar o seu jardim durante os meses mais ensolarados do ano, ou mesmo para alegrar a estufa ou uma marquise em qualquer época do ano.

São plantas anuais que produzem flores amarelas grandes ou pequenas no verão. Eles são muito populares por causa da beleza e porque são fáceis de cultivar. 

Apesar de seu principal cultivo ser comercial, podem ser usadas muito bem como planta ornamental graças às suas flores grandes e chamativas, que atraem diversos tipos de insetos benéficos para o jardim.


Época de floração do Girassol

Originário da América do Norte, o girassol se reproduz por meio de sementes e é uma planta resistente e robusta, cujas flores surgem na primavera e no verão, porém podem aparecer o ano todo, sobretudo, sob temperaturas entre 18 e 30°C.

Época de plantio do girassol

Todo o ano, mas a floração será mais rápida se as sementes forem plantadas durante a primavera e o verão. É uma atividade divertida para adultos e crianças, pois você pode plantá-las com o mínimo de tempo e preparo.


Requerimento de luz do Girassol


Sol. Os girassóis são plantas extremamente fáceis de se plantar e adaptáveis a praticamente qualquer ipo de clima contanto que recebam pelo menos 6 horas diárias de luz solar direta.
Clima

Clima para cultivo do Girassol

A temperatura mínima durante o ciclo de cultivo não deve ser inferior a 5°C, sendo melhor que não fique abaixo de 10°C. O Girassol também cresce bem com temperaturas elevadas, podendo tolerar até mesmo temperaturas próximas a 40°C. No entanto, ventos fortes e tempestades podem causar danos as plantas, diminuindo a produtividade.


Tratos culturais

Retire plantas invasoras que estiverem concorrendo por recursos e nutrientes no início do plantio.

Dependendo da região e do tamanho da plantação, pode ser necessário colocar alguma proteção contra as aves, pois estas podem se alimentar das sementes e diminuir ou mesmo arruinar a colheita.

Do mesmo modo que para muitas outras culturas agrícolas, não é aconselhado plantar o girassol consecutivamente no mesmo local, devido a maior probabilidade de surgirem problemas com doenças quando o plantio é feito seguidamente na mesma área.


Como plantar sementes de Girassol

Na região sul ou locais com geada não é recomendável o plantio no inverno. No restante do país podem ser plantadas em qualquer época do ano, porém a floração é muito mais rápida na primavera e verão.

Os girassóis não requerem nenhum cuidado especial no plantio e as sementes podem ser enterradas diretamente no local definitivo. Enterre apenas uma semente por cova respeitando o espaço de pelo menos 30 cm entre elas. Mantenha o solo úmido até o aparecimento das primeiras folhas e depois disso molhe apenas quando o solo estiver seco ao toque.


Proteja as plantas das pragas

Pássaros, esquilos e caracóis adoram sementes de girassol e podem cavá-las mesmo antes dos brotos emergirem. Cubra o chão com uma rede, para dificultar isso sem bloquear os brotos. Coloque iscas ou repelentes para caracóis em um círculo, para formar uma barreira em torno da área plantada. 

Caso houver cervos na sua região, cerque as plantas com tela de galinheiro assim que começarem a surgir as folhas, ou proteja o jardim com uma cerca com pelo menos dois metros de altura.

Armazenamento de sementes

Outra forma de aproveitar o girassol é preservar suas sementes, que podem ser utilizadas em pratos culinários, como saladas e torradas, e para a alimentação de pássaros. 


A conservação é simples. É preciso deixar as flores secarem até que sua parte de trás fique amarelada e as sementes comecem a escurecer. 

Depois, corte as cabeças e pendure-as viradas para baixo num local seco e quente. As sementes começarão a cair. Desse modo, coloque embaixo dos girassóis um balde ou um saco para colhê-las. 

Após algumas semanas, pegue as sementes e deixe-as secando por um ou dois dias. Finalmente, guarde-as em um recipiente bem fechado e num local fresco e escuro.


Flores cortadas

Para quem prefere cortar os girassóis e usá-los na decoração, existem técnicas simples que os conservam por mais tempo. 


Depois de colher as flores, misture num recipiente um pouco de conservante floral e água morna. 

Após isso, corte os pedúnculos na altura que desejar e tire todas as folhas. Em seguida, organize os girassóis na água, que deve ser trocada quando estiver turva.


Irrigação do Girassol

Irrigue com a frequência necessária para que o solo seja mantido úmido, mas sem que permaneça encharcado. Contudo, plantas bem desenvolvidas podem suportar breves períodos de seca.

Adubação do Girassol

Fertilize com moderação ou nem sequer faça isso. Se estiver cultivando girassóis por diversão, a fertilização não é recomendada, pois eles crescem bem sem isso e podem sofrer se forem fertilizados em excesso. 

Se estiver tentando cultivar girassóis bem altos, ou estiver cultivando-os para colheita, dilua o fertilizante em água e despeje-o em um “fosso” em torno da planta, bem afastado da base.

Fertilizantes balanceados ou ricos em nitrogênio são provavelmente as melhores opções.

Outra opção é uma aplicação única de um fertilizante de liberação lenta misturado no solo.

Pode do Girassol (opcional). 

Assim que os girassóis tiverem cerca de 7,5 cm de altura, tire os menores e mais fracos, até o restante ficar pelo menos 30 cm afastado. Isso dará aos girassóis maiores e mais saudáveis mais espaço e nutrientes, resultando em caules mais altos e flores maiores.




FONTES: http://pt.wikihow.com/ - http://blog.giulianaflores.com.br/ - http://hortas.info/ - WWW.EMPORIODASSEMENTES.COM.BR


Nenhum comentário:

Postar um comentário