Quer seguir o Jardim da Terra? Digite seu e-mail aqui:

A lavanda ou alfazema (Lavandula angustifolia) é uma planta nativa da região mediterrânea, muito cultivada para a extração de seu óleo essencial, muito utilizado em perfumaria e produtos de higiene.

Também é muito apreciada como planta ornamental em jardins, havendo vários cultivares para esta finalidade. 

Além disso, suas flores são uma boa fonte de alimentos para abelhas e o mel produzido a partir de seu néctar é considerado como sendo de excelente qualidade. 


Em menor escala, é cultivada como planta medicinal e como condimento para alimentos.

É muito resistente e se adapta a qualquer terreno onde haja luz solar, podendo ser semeada tanto em vasos como diretamente sobre o solo. 

Os seus usos são muitos e diferentes, embora seja uma planta conhecida pelo cheiro que as suas flores azuis ou violeta deitam, que se costuma secar e usar como aromatizante de armários, gavetas ou do lar em geral. Trata-se de uma planta que não necessita de cuidados especiais

Descrição:

Planta Perene que atraem abelhas e borboletas.


Época de Floração da Lavanda

A floração inicia na primavera e se estende pelo verão, atraindo abelhas e borboletas.

Época de plantio da Lavanda

Final do verão e Outono.

Requerimento de Luz da Lavanda


Sol Pleno. A lavanda é uma planta que gosta de sol, mas este também deve ser dosado. Deixe a sua lavada em meio aos raios solares por pelo menos 3 ou 4 horas. 


Como plantar Lavanda

A lavanda ou alfazema pode ser propagada por sementes ou por estaquia.

Semeie superficialmente, apenas pressionando levemente as sementes no solo. Alternativamente, podem ser cobertas com uma leve camada de terra peneirada. 

As sementes podem ser semeadas no local definitivo ou em bandejas e vasos, neste caso sendo transplantadas quando as mudas estiverem grandes o bastante para serem manuseadas. As sementes geralmente germinam em duas a seis semanas.

Para a propagação por estaquia, os ramos podem ser cortados com cerca de 10 cm de comprimento, retirando as folhas da parte inferior que ficará enterrada no solo. 

O solo deve ser mantido apenas levemente úmido, pois um excesso de água leva ao apodrecimento dos pedaços de ramo.

O espaçamento recomendado entre as plantas pode variar de 30 a 90 cm, dependendo do porte da variedade cultivada e das condições de cultivo. 

A lavanda também podem ser cultivada facilmente em vasos com 30 ou 40 cm de diâmetro.


Replantio da Lavanda - Trocando a Lavanda de Vaso

É muito fácil. Basta retirar do vaso apertando onde ela está e colocar em outro, de preferencia cerâmico, já preparado para o plantio, com a terra do local onde a planta estava, misturando com a nova terra.

Atenção: Nunca coloque pedras ao redor da sua lavanda quando for planta-las no jardim. A troca de calor entre a rocha e a planta podem queimar a lavanda, prejudicando a sua saúde. O ideal é preencher os arredores da espécie com arila ou cascas de pinos.


Dicas

No interior da sua casa ou em outros ambientes fechados, a lavanda pode ser facilmente cultivada como um aromatizante natural. 

Usando uma garrafa de álcool, algumas flores podem ser inseridas na mesma, deixando-as lá por pelo menos 20 dias. 

Após este período de espera, a lavanda pode ser usada como um desinfetante natural, deixando a casa com aroma límpido e puro!


Uso Medicinal da Lavanda

Indicações: insônia, ansiedade, nervosismo, dor muscular, acne, inflamações na pele
Propriedades: analgésica, sedativa, anti-inflamatória, anti-séptica, relaxante, calmante
Partes Utilizadas: folhas, flores, caule.


Como podar a Lavanda

A poda deve ser feita a partir de três dedos acima da bifurcação de cada talo. Esse processo faz com que a planta tenha cada vez mais força. O outono é a melhor época para a poda. 

Quem gosta da planta baixa pode cortar e que ela volta a brotar com tranquilidade. Já para os que preferem os arbustos, eles crescem cerca de 1 metro a 1 metro e meio de altura. 

Devem também ser feitas adubação e colocação de substratos. Agindo dessa forma, quando a primavera chegar, ela rebrotará e estará com força total.


Colheita da Lavanda

As flores são colhidas assim que se abrem, cortando quase todo o ramo. As folhas podem ser colhidas quando necessário, mas são menos apreciadas do que as flores. O óleo essencial é extraído apenas das flores recém-colhidas.

Esta planta cresce de forma relativamente lenta, e embora chegue a florescer no primeiro ano, a floração é mais abundante a partir do segundo ano de cultivo. A lavanda é uma planta perene e pode produzir bem por mais de uma década.


Irrigação da Lavanda

Esta planta é sensível ao excesso de água. O solo deve permanecer sempre levemente úmido durante a fase inicial de crescimento. Quando bem desenvolvida, a lavanda é resistente a períodos de seca e pode ser irrigada esparsamente.

Adubação da Lavanda

Utilize adubo orgânico.





fonte: http://www.jardineiro.net/ - http://hortas.info/ - http://casa.umcomo.com.br/ - http://pt.wikihow.com/ - http://blogs.estadao.com.br/ - http://flores.culturamix.com/ - http://www.minhasplantas.com.br/ - http://www.baudasideias.net/

Um comentário:

  1. Gostei das dicas e resolvi plantar em um vaso. Muito bom o post!

    ResponderExcluir