Pesquisar no blog

COMO CULTIVAR: Agapantos

Popularizado no Brasil pelo paisagista Roberto Burle Marx, na década de 50, o agapanto logo se tornou uma das plantas mais usadas na urbanização. 

As serras fluminenses de Teresópolis e Petrópolis estão enfeitadas de canteiros azulados e mesmo no frio da Serra Gaúcha essa flor africana vai bem. 

Com híbridos cada vez mais resistentes — como “Liliput”, “Blue Giant”, "Loch Hope", "Irving Cantor" e “Castle of Mey” —, o agapanto pode ser encontrado enfeitando tudo que é canto do Brasil com sua folhagem grande, vistosa e resistente.


Descrição:

O Agapanto produz belas inflorescências, de formato globular, composto por flores de uma só cor e atende ao segmento de flores cortadas. 

A inflorescência cresce na extremidade da haste, que chega a alcançar mais de um metro de altura, e apresenta alta durabilidade depois de cortada, sendo muito utilizada, por isso, em arranjos florais diversos.

O agapanto gera flores comumente azuis, mas também há variedades de florada branca ou roxa. 

Em comum, todas possuem o formato de buquê característico da espécie, com folhas finas e longas.


Época de Floração Agapanto

As flores dessa espécie originária do sul da África surgem no final da primavera e início do verão.

Época de Plantio do Agapanto

Se for semear, faça-o entre a primavera e o outono, em uma mistura de terra e composto orgânico em partes iguais. 

Caso prefira multiplicar a planta por divisão de touceira ou rizomas, prefira um dia fresco do final do inverno,para que a planta tenha produzido raízes suficientes antes do tempo mais quente.


Requerimento de luz do Agapanto

Sol pleno.

Como plantar Agapanto

Passo 1: Faça uma cova com uma profundidade pequena, que caiba exatamente a muda de agapanto que você vai plantar. Como cada muda vai variar um pouco de tamanho, o ideal é que você cave os buracos separadamente e de acordo com cada muda.

Passo 2: Prepare o solo do seu canteiro misturando o adubo de animal de curral do tipo bem curtido na proporção de 3 quilos de adubo para cada metro quadrado de plantação e acrescente também 100 mg de farinha de ossos para cada metro quadrado de plantação. É importante que essa mistura seja bem feita. Os dois materiais você encontra em qualquer loja de jardinagem.

Passo 3: Coloque as mudas na cova e cubra com a terra já preparada deixando de 1 a 2 centímetros de terra por cima da sua plantação.

Passo 4: Regue bem cada canteiro deixando uma certa umidade
 nos primeiros dias, para que a muda germine na terra com mais propriedade.


Irrigação do Agapanto


As regas devem ser contínuas, para manter a terra sempre úmida, mas nunca encharcada. Se for cultivar o agapanto em vaso, faça uma grossa camada de drenagem o fundo, para que a água sobressalente das regas não fique empoçada nas raízes.


Adução do Agapanto

Fazer a preparação do canteiro para a implantação do agapanto com a mistura de adubo de animal de curral bem curtido cerca de 3 kg/m2, 100g/m2 de farinha de ossos misturando bem.

Para fazer a preparação do vaso misture em um balde composto orgânico e adubo NPK formulação 4-14-8, cerca de 100 gramas para cada 20 kg de terra.

Pode colocar torta de mamona também, cerca de 250 gramas para a mesma quantidade de terra.

Para adubação anual: Adube-a no fim do inverno ou no início da primavera. Use um adubo de liberação lenta.




fonte: http://pt.wikihow.com/ - http://jardinet.blogspot.com.br/ - http://www.tecnologiaetreinamento.com.br/ - http://plantas-ornamentais.blogspot.com.br/ - http://www.minhasplantas.com.br/ - http://www.fazfacil.com.br/ - http://flores.culturamix.com/ - http://www.cpt.com.br/ - http://www.ehow.com.br/
Abraços, beijinhos! Falem comigo, ok? Vou adorar!


As fotos e imagens aqui publicadas, bem como seus direitos autorais, pertencem aos seus respectivos proprietários. A minha fonte de pesquisa de todas elas está citada em todos os posts. Caso você seja proprietário de alguma imagem e queira que o seu link seja mencionado, entre em contato comigo, para que eu possa fazer as devidas alterações. Se você levar alguma imagem, seja gentil e mencione sua fonte de pesquisa. PS: Neste blog ainda não se adotam as novas regras de ortografia